O início de Coco Chanel

Quem já viu o curta feito por Karl Lagerfeld sobre o início da carreira de Gabrielle Chanel?
Em 18 minutos de vídeo a gente viaja pelo comecinho do século XX, quando Coco era apenas uma chapeleira de Deauville. Está tudo ali: a descoberta do tweed, o amor pelas pérolas, o desejo (super ousado!) de cortar o cabelo bem curtinho.  Marcas registradas da maior estilista de todos os tempos.

Keira Knightley está ótima no papel de Coco, mas ainda me simpatizo mais com a interpretação da Audrey Tautou no filme “Coco antes de Chanel” – principalmente pelo fato dela falar francês, não acham?

Decepções musicais da semana

Dois singles super aguardados – por mim, pelo menos-  foram lançados essa semana: Suit & Tie do Justin Timberlake e One Way Trigger do The Strokes.

Justin, que ficou anos apenas trabalhando na sua sofrível carreira de ator, finalmente voltou a fazer o que ele sabe e apresentou Suit & Tie já com vídeo e tudo. No clipe, as referências ao Michael Jackson são escancaradas, vide o sapato social com meia branca que é quase o personagem principal da história . A música… bom, eu acho que seria um ótimo lado B, mas como single ela é decepcionante.  Muito R&B, muito Soul, muito groove – o que não é ruim, mas cadê o nosso amado Dirty Pop?!
Pra mim o Justin seria o artista masculino perfeito para assumir o reinado atual do Pop ao lado da Lady Gaga, mas parece que ele não tá muito afim de seguir por esse caminho. E sério, qual a necessidade do trecho de rap do Jay-Z? Será que alguém ainda consegue fazer música sem o Jay-Z?
Como eu disse, não achei ruim. Mas espero sinceramente que o resto do disco seja menos blé (e tenha menos rap do Jay-Z).

O single do Strokes foi lançado hoje e já está sendo devidamente gongado nas redes sociais. Estão chamando One Way Trigger de tecnobrega, hit da Gaby Amarantos, etc. Realmente, o primeiro minuto da música te faz visualizar o Chimbinha e a Joelma . O que vem depois tem pouquíssimo da sonoridade do Strokes que a gente está acostumado – até a vóz do Julian (que é rouca e arrastada) está estranha, aguda, quase  constrangedora.
O Strokes é uma banda que sempre me surpreende – primeiro pela sua capacidade de fazer singles incríveis e segundo pela capacidade de fazer músicas chatas pra caramba. Acho que o Is This It? é o único disco fenomenal do começo ao fim – os outros são sensacionais, mas pincelados por algumas músicas chatérrimas.
Eu espero que One Way Trigger seja apenas uma dessas músicas chatas que o Strokes faz e que o resto do disco seja ótimo. Senão, é bom a banda focar a divulgação lá no Pará.

The Strokes – One Way Trigger

Comprando roupas em NYC

Vários amigos me perguntam sobre dicas para comprar roupas em Nova Iorque. Eu sempre respondo que não sou lá a melhor pessoa pra isso –  primeiro porque eu não moro aqui há tempo suficiente pra ser expert no assunto e segundo porque, justamente,  eu moro aqui. Vir fazer turismo com um monte de dinheiro pra gastar em pouco tempo é diferente de viver na cidade e ir descobrindo (e comprando) as coisas com calma, sabe?

Enfim, geralmente eu dou sempre a mesma dica – que eu acho muito útil  pra quem vai fazer uma viagem curta ou pra quem (assim como eu) gosta mais de gastar o tempo em passeios pela cidade do que dentro das lojas. Se você quiser resolver as suas compras em uma tacada só, vá direto para os quarteirões da Broadway que ficam no bairro Soho. Por alguns motivos:

1. O Soho é o meu bairro preferido de Nova Iorque – charmoso, despretencioso e geralmente bem menos lotado de turistas como a Times Square e arredores. Sabe aqueles bairros que parecem mini cidades dentro da cidade? Então.

2. O pedaço da Broadway que fica no Soho, mais especificamente a partir da esquina com a Houston Street andando em direção ao Sul da ilha, abriga TODAS as lojas que os brasileiros mais amam comprar quando vêm para os EUA – além de outras lojas e galerias menos conhecidas que você pode ir descobrindo.

3. Tudo fica muito perto, perfeito também pra quem vai no inverno e não quer ficar zanzando de um lado pro outro perdido e passando frio. É só ir descendo a Broadway que tem tudo ali.

4. Os preços no Soho são mais baixos do que em outros centros de compra pela cidade, como a Quinta Avenida. Mesmo em lojas iguais, com a Zara por exemplo, eu já achei a mesma peça custando menos por lá.

Esquina da Houston Street com a Broadway, é aqui que começa o melhor lugar para compras

Esquina da Houston Street com a Broadway, é aqui que começa o melhor lugar para compras

Bom, eu não vou dar o endereço exato de cada loja porque, como eu já disse, ficam todas na Broadway uma do lado da outra. Mas vou listar algumas das lojas que você pode encontrar por esses quarteirões:

  • As fast fashion que nós amamos: Zara (que eu juro ser bem mais bonita que as do Brasil), H&M, Forever 21, Topshop e MANGO.
  • As mais procuradas para maquiagem: MAC e Sephora. Além delas, você também encontra várias farmácias bacanas por ali.
  • Para sapatos: Converse, Aldo (amo!) e Steve Madden (que também tem uma loja de roupas em frente à de sapatos).
  • As que os brasileiro pira: Victoria’s Secret, Hollister, Armani Exchange e American Eagle.
  • Algumas mais chiques como a Gucci e a Bloomingdales (super multimarcas da riqueza).
  • A Uniqlo (que também é uma fast fashion, ótima pra comprar malhas).
  • A modernete Urban Outfitters.
  • A Ricky’s (MARA para comprar produtos capilares profissionais, acessórios e cacarecos em geral).
  • Duas lojas lindas para roupas que não são muito conhecidas: Maxwell & Co e a Aritzia.

Acho que as principais são essas, mas existem muitas outras por ali.

Na dúvida de como chegar lá, peça para o taxi te deixar na esquina da Broadway com a Houston Street e vá andando no sentido da rua. Marquei no mapa:

mapa de compras em nyc

Agarre o cartão e boas compras 🙂

Minhas lojas online favoritas

Eu adoro fazer compras online. Acho que depois que você consegue achar um bom “portfólio” de lojas online confiáveis, fica difícil sair de casa para comprar alguma coisa.

Por isso, vou colocar aqui três das minhas lojas favoritas – todas elas entregam no Brasil e são de confiança. Nunca tive problemas de entrega/pagamento com nenhuma delas, mas OBVIAMENTE é bom considerar a alfândega e suas taxas na hora das compras, pois todas as lojas que eu vou listar são internacionais.

A Coastal Scents vende pincéis de marca própria – tanto avulsos quanto em kits. A qualidade é excelente e o preço é absurdamente em conta. Para vocês terem idéia um kit de 22 pincéis custa 34 dólares (19 na promoção!) – ou seja, 22 pincéis por mais ou menos 70 reais + a taxa de entrega.

Eu fiz minha primeira compra nesse site em 2009 e os meus pincéis ainda estão novos, não soltam pêlos e não ficam “descabelados”. Sério, vale MUITO a pena. Eles também vendem maquiagem, mas eu nunca testei.

Kit com 22 pincéis

A BleuDame também vende marca própria – boa, bonita e barata! Os óculos vão de 10 até 60 dólares e você acha desde os modelos mais clássicos até uns mais doidões. O legal é que eles são classificados por celebridades, os óculos que a Angelina Jolie estiver usando hoje já estarão la na BleuDame na semana que vem – numa versão bem mais barateeenha.

Dá para comprar os óculos da Kate Moss, Emma Stone, Rihanna e até da Lady Gaga!

Bom, não é bem uma loja, o IdealWay1 é um vendedor dentro do Ebay que vende milhaaares de acessórios vindos diretamente da China (famosos produtos xing-ling). Os preços são ridículos e dá para achar uma infinidade de acessórios legais! A qualidade é digna, coerente com o preço cobrado. Óbvio que uma para uma bijoux mais elaborada vale investir um pouquinho mais e comprar de outro fornecedor, mas para os acessórios mais “modinha” que a gente troca toda hora super compensa!

Foto dos acessórios que comprei na minha primeira comprinha do IdealWay1:

Bijoux do Ebay

Bom, acho que é isso! Acho que vou fazer um post só com vendedores do Ebay que eu gosto e com outras lojas online que ainda não entregam no Brasil… assuntos futuros.

Só lembrando que antes de qualquer compra online, é bom verificar a reputação da loja, se eles aceitam devoluções, se eles cobram pelas devoluções e MAIS UMA VEZ: fique de olho nas regras de importação e faça as contas para ver se o barato não vai sair caro 🙂

Festa da novela Salve Jorge

Festa com celebridade brasileira é sempre engraçada, né?

Tenho a impressão que a mulherada fica perdida – sem saber se vai de longo, se vai de curto, querem usar TODAS as últimas tendências de uma só vez, dão aquela “abrasileirada” no que a gente vê lá fora… QUÉDIZÊ, o resultado é (quase) sempre bem tosco.

Vamos analisar o que as globais tarram vestido no lançamento dessa nova novela das oito (nove?) que vem por aí…

  • Nanda Costa – aí que você é uma atriz XIS que finalmente vai ser  protagonista do horário nobre da emissora mais assistida do país E ME APARECE COM UM VESTIDO DE RENDA E VELUDO COM UM MAIÔ POR BAIXO.  E o que dizer do penteado de madrinha de casamento de Santa Rita do Passa Quatro?

Nanda Costa

  • Mariana Rios – Olha aí o que eu falei de se jogar nas tendências. Minha filha, barriga de fora é uma tendência MUITO delicada e que se não for usada com bom senso fica MUITO creiço. Obviamente não poderiamos esperar que a namorada de um NX Zero tivesse bom senso.

Quando ela olhar para esta foto daqui a uns 2 anos ela vai pensar “má que merda é essa que eu tava vestindo?”. Podem apostar.

Mariana Rios

  • Carolina Dieckmann – Ai, essa mulher é bonita, né?! Que raiva. Gostei do vestido. Acho que ficou gostosa sem ser vulgar, ou seja, tudo o que nós mortais queremos quando vamos nos vestir para uma festa. Só trocaria este sapato branco aí, mas né? Ninguém deve ter reparado muito.

Carolina Dieckmann

  • Cláudia Raia – Deve ser complicado se vestir quando você tem 1,80 de altura, vóz e cara de traveco sem ficar parecendo um. Usar vestido de oncinha com sapato roxo definitivamente não colaborou.

Cáudia Raia

  • Vera Fischer – Não consigo comentar nada sobre a roupa da Vera porque tudo o que eu quero é arrumar esse monte de paetê torto do vestido, que agonia!

Vera Fischer

  • Cristiana Oliveira – Ai, achei bonito viu. Só trocaria esta clutch gigante por uma mais delicada.

Cristiana Oliveira

E esta foto aqui é só para reforçar a teoria da minha mãe que, se você passou dos 40, NÃO use franja.

Por favor, não.

WTF Karl?!

E aí que eu nem acompanho muito semanas de moda, mas as vezes alguma coisa me chama a atenção – para o bem ou para o mal.

Na semana de moda de Paris, que está apresentado as coleções para o verão 2013,  a Chanel resolveu botar na passarela esta bolsa… hãn… bizarra.

E nem venha me dizer que o modelo é apenas conceitual, pois o próprio Karl Lagerfeld disse que o criou para que as suas clientes tenham espaço para carregarem suas toalhas quando vão à praia. Oi?!

Já tô conseguindo enxergar os tutoriais nos ~blogs de moda~ de como transformar um bambolê numa xanéu.

Aff.

%d blogueiros gostam disto: